16 junho, 19H

#artevida

Derivar: A resposta fluiu da mente

SÃO PAULO

60

Derivar: A resposta fluiu da mente (diálogos sobre desobediência e cura)
Com Micaela Cyrino (SP)
Crédito da foto: Rodrigo Branco

 
MINIBIO DXS ARTISTXS
 
Micaela Cyrino

Micaela Cyrino, 32, nascida no Grajaú- Zona sul de São Paulo. Nasceu com HIV no início da epidemia de AIDS. Desde sua adolescência é militante pela saúde da população negra. Graduada em Artes Visuais pela Faculdade Santa Marcelina, atua também como Diretora de Arte e Arte Educadora. Micaela traz em seus trabalhos artísticos o corpo negro feminino e seus atravessamentos. Atualmente compõe a exposição Enciclopédia Negra, que está em cartaz na Pinacoteca do Estado, as obras farão parte do acervo da Pinacoteca. Integrante do Levante de Mulheres racializadas nas artes; Coletiva Trovoa. Em 2015 participou da Sicaliptica-Residência artística “Cuerpo positivo” Quito-Equador, onde criou a performance Cura. Em 2010 representou o Brasil em nome da Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/Aids na XVIII Conferência Mundial de Aids Viena-Áustria e realizou consultoria no Consenso de guia para médicos no tratamento de crianças e adolescentes. Representante do Brasil na Conferência Regional de Aids Lima-Peru. Em 2009 foi palestrante no TEDx- Juventude e HIV/Aids e também participou como palestrante na Conferência Mundial de Juventude Guanajato-México Adolescente e jovens vivendo com HIV/Aids. Também fez parte do Intercâmbio Brasil/Jamaica Onu Mulheres- Mapeamento e intercâmbio de experiências entre adolescentes e jovens vivendo com HIV/Aids. E em 2008, fundou a Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo Com HIV/Aids.