Período de exibição encerrado

02 Jun, 17H

#teatra

Teatras: Invenções e criações de imaginários de arte e vida

BAHIA e MINAS GERAIS

120 min

A mesa busca refletir e fomentar imaginários transformadores que enfrentam os processos normatizadores, autoritários e fascistas do nosso país. A partir das produções, vivências e invenções de Dodi Leal e Fredda Amorim, a mesa abre caminhos da programação desta edição.

 
MINIBIO DXS ARTISTXS
 
Dodi Leal

Professora do Centro de Formação em Artes e Comunicação (CFAC) da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), em Porto Seguro. Co-coordenadora do GT "Mulheres da Cena" da ABRACE. Realiza estudos e obras artísticas de performance e iluminação cênica, perpassando por ações de crítica teatral, curadoria e pedagogia das artes. Autora dos livros “LUZVESTI: iluminação cênica, corpomídia e desobediências de gênero” (Salvador: Devires, 2018) e “Pedagogia e Estética do Teatro do Oprimido: marcas da arte teatral na gestão pública” (São Paulo: Hucitec, 2015). Organizou o livro “TEATRA DA OPRIMIDA: últimas fronteiras cênicas da pré-transição de gênero” (Porto Seguro: UFSB, 2019).

 
Fredda Amorim

Antes de qualquer coisa sou bixa, preta de Asè que TRANSita pelo mundo. Professora no curso de pós graduação: Lideranças Transformadoras do BBI of Chicago – Business Behavior Institute, Mestra em Artes cênicas pela (UFOP) Universidade Federal de Ouro Preto, Historiadora e professora de história(2009). Tenho me relacionado com as Artes, com a performance, intervenções urbanas, teatro, poéticas de si, processos de criação, experimentação e me debruçado em pesquisas, ações e práticas voltadas para as questões de gênero, raça e classe junto a PLATAFORMA QUEERLOMBOS composta por outres pesquisadores, artistes e pessoas LGBTTQI-+.

 
Bremmer Bramma

Bremmer Bramma é ator, performer, escritor, diretor, produtor e artista amador de Belo Horizonte (MG). Um amante do teatro e da cena, é integrante dos coletivos artísticos Casa Anômala e Plataforma Beijo. Como criador, assina a direção e a co-dramaturgia da peça “Protótipo para Cavalo: Corra, Aisha, Corra!”, com a atriz Aisha Brunno, e o roteiro da websérie "Docinhos Mágicos", com Igor Leal e Will Soares.